Por: Calderari … Continue Reading >Galeria de Arte Poupança Banestado Londrina // PR // Agosto de 1987

Entre as fases do desenvolvimento criativo existe uma condição muito importante em Arte, a intuição; surge como se fosse um outro sentido, além dos naturais; está revelado nas gravuras e desenhos de Guita Soifer nesta mostra.

Tudo acontece em torn o deste aspecto sensível e inerente ao processo de execução: em sua concepção, não ordenada como comumente acontece: no trabalho de Guita Soifer é muito visível e marcante.

Mostra uma procura e um resultado emergente de um caminho muito difícil de se detectar, mas nem por isso difícil de entender e de configurar; a Guita configura.

O resultado prático e objetivo deste procedimento e a soma de todos os valores específicos da Gravura dos Desenhos ou seja caminhos diferentes mas com resultados positivos e personalizados.

Tudo é essencialmente intuitivo no trabalho de Guita.

Ao lado destes valores muito visíveis em sua obra, existe ainda uma busca obstinada em procurar os meios convencionais à realização de seus desenhos e gravuras que não são conflitantes entre si, embora o intuitivo sempre prevaleça.

A soma destes procedimentos, mais a vontade de fazer, e a constância do trabalho tem como resultado um puro, prático, espontâneo e sensível resultado conduzindo na execução um conteúdo próprio de quem administra cuidadosamente o percorrido.

Considerar cabe ao público, verificar sem pressa e analisar nesta mostra que existe um mundo dentro e fora de seus trabalhos, mundo este, que Guita Soifer tenta configurar não objetivamente mas de uma maneira mutio subjetiva e pessoal consequência esta natural de sua intuição, que existe, e transborda em seus tabalhos nesta exposição.

Calderari

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *