Por: … Continue Reading >Objetos de Melancolia // Centro Cultural Portão // Novembro de 2005

Com a fotografia, o valor de culto começa a recuar, em todas as frentes, diante do valor da exposição. Mas o valor de culto não se entrega sem oferecer resistência. Sua ultima trincheira é o rosto humano.

Walter Benjamin, em suas teorias histórico-filosóficas, argumentou contra a idéia de uma História linear, que somente reconhece a História dos vencedores, em favor de uma “historiografia da recordação”. O ato de lembrar ocuparia-se da “memória dos sem-nome”, ou seja, daqueles que não deixaram traços, garantindo-lhes sobrevida .

O tempo sempre foi a matéria de Guita Soifer. O tempo da vida que também é o tempo da morte; o tempo que subjuga indistintamente todos os seres e coisas, mas que também se encarna no modo como os seres e coisas se subjugam mutuamente.

Neste sentido a presente exposição de Guita Soifer é e não é uma exposição autobiográfica. Ainda assim, como já foi dito, se sua singular meditação sobre o tempo funciona como uma escada rumo ao universo, por sua natureza mesma, necessita de um chão onde ela possa se apoiar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *